Presidente do PSB, Carlos Siqueira, abre as portas para Brandão disputar o Governo pelo partido

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, abriu as portas do partido para o vice-governador Carlos Brandão (PSDB). Em entrevista ao jornal Correio Braziliense, o dirigente nacional revelou que a sigla socialista pode ter candidato no Maranhão. Em outras palavras, ele está antecipando uma possível filiação do pré-candidato ao Governo que tem apoio de Flávio Dino (PSB).

Carlos Brandão pode trocar o PSDB pelo PSB por conta da conjuntura nacional, uma vez que Flávio Dino constrói uma aliança com Lula e  PT no estado, enquanto que os tucanos possuem a pré-candidatura de João Dória a presidente, o que pode dificultar essa aproximação.

Portanto seria mais fácil ter Brandão no PSB do que no PSDB para ter o apoio do PT. A seguir veja a fala do presidente Carlos Siqueira.

“Quais são as prioridades do partido? O senhor falou em cinco estados.

São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Acre… E tem outros candidatos que poderão surgir, mas, até agora, nós colocamos na mesa esses cinco estados. Pode surgir, por exemplo, o Maranhão, onde o PSB, provavelmente, terá candidato também; pode surgir Alagoas.”

Presidente do PSB: PT tem de definir prioridade e abandonar “visão exclusivista”

(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Às vésperas de uma reunião decisiva com a diretoria do PT, sobre a articulação de uma eventual federação, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, enfatiza: “A situação exige que o PT escolha qual é a sua prioridade: se é disputar com o seu principal aliado, na esquerda, os governos estaduais, ou se é conquistar a Presidência da República. Nós estamos dispostos a colaborar com a eleição de Lula, mas também queremos que o PT esteja disposto a colaborar com as nossas candidaturas”.

O PSB vai se preparando fortemente para dar continuidade às negociações em torno da campanha presidencial, porque o partido, muito provavelmente, vai apoiar o ex-presidente Lula e há, também, uma série de demandas apresentadas ao PT e de apoio em pelo menos cinco estados. Até agora, não há nada de concreto.

FONTE: correiobraziliense

Maranhão chega a 374.563 casos e 10.422 mortes por Covid-19

Foto: Getty Images

O Maranhão chegou a 374.563 casos de Covid-19 e 10.422 óbitos pela doença, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira (17).

Segundo a SES, 171 novos casos e mais quatro mortes foram registrados nas últimas 24 horas no Estado. Dos novos casos registrados, 53 foram na Grande Ilha de São Luís, 8 em Imperatriz e 110 nas demais regiões do Maranhão.

Governo monitora chuvas e traça estratégias para minimizar danos no Maranhão

O vice-governador Carlos Brandão se reuniu, nesta quarta-feira (12), com secretários e técnicos do Governo do Maranhão para traçar um plano de prevenção contra chuvas no estado. De acordo com os relatórios meteorológicos deste ano, o maior índice de chuvas deve acontecer entre o fim de janeiro e início de fevereiro.

Os dados são do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) e do Núcleo Geoambiental da Universidade Estadual do Maranhão (NuGeo/Uema). As estimativas dos relatórios apontam para um crescimento do volume de chuvas entre 20% e 80% acima das médias históricas.

Os dados deverão subsidiar ações de prevenção do Governo do Maranhão a possíveis danos causados pelas chuvas, tanto em áreas rurais quanto urbanas.
O meteorologista da Uema, Hallan Cerqueira, destacou a importância da pesquisa científica para o planejamento do poder público.

O Governo deverá formar um grupo de trabalho para tratar especificamente do planejamento de ações de prevenção e combate aos danos causados pelas chuvas.
Também participaram da reunião os secretários de Estado do Meio Ambiente, Diego Rolim; da Agricultura, Luís Henrique Lula; e de Programas Estratégicos, Luís Fernando Silva; a adjunta da Casa Civil, Bruna Mendonça Silva; o coordenador estadual da Defesa Civil, tenente-coronel Sandro Amorim; o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), André Santos; o diretor de Estudos e Pesquisas do Imesc, Luiz Jorge Dias; o reitor da Uema, Gustavo Pereira da Costa; o coordenador do NuGeo, Jucivan Lopes; e o meteorologista Carlos Márlio de Aquino, da Uema.

Felipe Camarão entrega computadores a escolas de Rosário

As comunidades escolares dos Centros de Ensino Luiza Sousa Gomes e Prof. Joaquim Santos, ambos da Rede Estadual de Ensino e localizados no município de Rosário, ganharam, na segunda-feira (10), da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), novos equipamentos para fortalecer o processo de ensino e da aprendizagem. Ao todo, foram seis computadores completos que irão facilitar o fluxo de atividades e pesquisas nessas escolas.

Ao entregar os equipamentos aos gestores escolares, o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão ressaltou que os investimentos em educação são constantes no Governo Flávio Dino. “Mais equipamentos entregues para garantir as condições adequadas para aprendizagem dos estudantes. Toda semana há novas ações do Programa Escola Digna, seja com a requalificação de espaços escolares, distribuição de equipamentos, formações, entre outras que fortalecem a Educação do Maranhão”, destacou Felipe Camarão.

O Centro de Ensino Luiza Sousa Gomes atende 548 estudantes matriculados no Ensino Médio e receberá em breve ações na estrutura física pelo Programa Escola Digna. O CE Prof. Joaquim Santos, por sua vez, conta com cerca de 600 estudantes e se encontra em processo de reforma no âmbito do Escola Digna.

Na primeira pesquisa de 2022, Lula aparece com 22 pontos à frente de Jair Bolsonaro

Na primeira pesquisa de 2022 sobre as intenções de voto para presidente, realizada pela Genial Investimentos e Quaest Consultoria, divulgada nesta quarta-feira (12), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece na liderança. Se a eleição fosse hoje, petista teria quase o dobro dos votos do atual mandatário.

No primeiro turno, Lula teria 45% dos votos, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que aparece com 23%; o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (Podemos), com 9%; o ex-governador Ciro Gomes (PDT), com 5%; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), 3%; e a senadora Simone Tebet (MDB), com 1%.

O levantamento ouviu 2.000 pessoas, com 16 anos ou mais, de 06 e 09 de janeiro. As entrevistas foram presenciais. O índice de confiança, segundo o instituto, é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00075/2022.

(Co informações do UOL)

Prefeitura de São Luís anuncia concurso para a Guarda Municipal

Foto: Divulgação/Câmara Municipal de São Luís

A Prefeitura de São Luís anunciou nesta quarta-feira (12) a realização de concurso público para a Guarda Municipal. Ao todo, serão 100 vagas, mas ainda não há data para a realização das provas ou a publicação do edital. No entanto, as provas já devem ser realizadas no 1º semestre.

FONTE: G1-MA

Maranhão registra 449 casos e duas mortes por Covid-19 em 24h

Nesta terça-feira (11), o Maranhão chegou a 372.567 casos e 10.401 óbitos por Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Foram registrados 449 casos e duas mortes nas últimas 24 horas. Dos novos casos registrados, 221 foram na Grande Ilha de São Luís, 32 em Imperatriz e 196 nas demais regiões do estado.

As mortes foram registradas em Buriticupu e Pedreiras. Ambas não ocorreram nas últimas 24 horas, mas foram registradas em dia e/ou semana anterior, e aguardavam resultado do exame laboratorial para Covid-19.

O número de casos ativos (pessoas que, no momento, estão com Covid-19) teve uma nova alta e chegou a 3.025. Desse número, 2.841 estão orientados a ficar em isolamento domiciliar, 104 estão internadas em enfermarias e 80 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

FONTE: G1-MA

Posto da Rede Paloma no Araçagi vende a gasolina mais barata da Ilha de São Luís, segundo Procon

Dois postos da Rede Paloma – Forquilha e Araçagi – aparecem no ranking do Instituto de Promoção e Defesa do Consumidor (Procon/MA) como os que vendem combustíveis mais barato na Ilha de São Luís. O resultado de mais uma pesquisa de preço foi divulgado nesta nesta terça-feira (04). O levantamento conta com informações de preços de 19 estabelecimentos na região metropolitana da capital, que inclui os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

De acordo com o levantamento, o posto Paloma, no Araçagi (Raposa), apresentou a gasolina (comum e aditivada) mais barata, cujo litro custa R$ 6,24. Já o Diesel S500 mais barato (R$ 5,27) foi encontrado no Posto Americano, na Avenida Presidente Médici, no bairro do Sacavém. Já o diesel S10 mais barato foi apresentado pelo posto Paloma, a R$ 5,25, na Rua da Saudade na Vila Cascavel.

Os valores informados são referentes ao dia 03/01/2022 e podem sofrer variação.O consumidor que identificar um posto com combustível mais barato do que os divulgados pode colaborar com o levantamento enviando foto ou vídeo por meio das redes sociais. Vale lembrar que qualquer pessoa tem direito ao teste de qualidade antes ou depois de abastecer seu veículo.

GOVERNADOR FLÁVIO DINO SE DIZ OTIMISTA QUANTO A POSSIBILIDADE DE UNIÃO DO GRUPO

O governador Flávio Dino (PSB), em entrevista à TV Mirante na manhã de terça-feira (21), externou seu otimismo quanto a possibilidade do grupo que lidera manter a unidade para enfrentar as eleições de 2022 e reafirmou seu apoio à pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Ao ser questionado se existe a possibilidade de mudança do  candidato previamente indicado, Dino disse que indicou Brandão para o colegiado de partidos que integram a base de sustentação do governo porque, na sua opinião,  o vice “tem as condições de agregar politicamente e eleitoralmente e nos representar nessa batalha eleitoral vindoura”.

Quanto a possibilidade do consenso em torno do nome por ele indicado, o governador observou que trata-se de um processo em curso que está sintonizado com o calendário eleitoral em que as vezes tem muita agonia, muita ansiedade, mas que está muito confiante, “muito otimista de que a gente vai conseguir, senão 100% de união, mas a imensa maioria do grupo se mantendo unida no mesmo caminho na eleição para o governo do Estado”.