PT-MA indica Felipe Camarão para vice na chapa de Carlos Brandão

O vice-governador Carlos Brandão (PSB) comentou há pouco, em entrevista ao programa Panorama, da Mirante AM, a decisão do PT de indicar Felipe Camarão como seu companheiro de chapa na disputa pelo Governo do Maranhão.

“Dia de glória”, comemorou.

Brandão elogiou a capacidade de trabalho do petista – que entrega o cargo de secretário de Estado da Educação nesta quinta-feira, 31 – e destacou o apoio que terá dela, reafirmando que, em 2026, o PT terá um governador.

“Nossa decisão em torno do nome do vice-governador levou em conta a expressão política e atuação dentro do partido. Essas duas particularidades foram essenciais no diálogo em torno da escolha de Felipe Camarão”

Othelino decide deixar Weverton e apoiar Brandão ao governo do MA

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), decidiu seguir com apoio a Flávio Dino (PSB) ao Senado Federal e apoiar a candidatura de Carlos Brandão ao governo do Maranhão.

A baixa pode fazer o senador Weverton Rocha (PDT) recuar da pré-candidatura ao Palácio dos Leões.

Leandro Bello deixará o PROS e seguirá base política de Carlos Brandão

O presidente do PROS em Timon e pré-candidato a deputado estadual, Leandro Bello, informou que estará deixando o partido nos próximos dias após o novo presidente do partido no Maranhão, Marcus Holanda, ter declarado apoio a pré-candidatura de Weverton Rocha (PDT).

Leandro reafirmou apoio a pré-candidatura de Carlos Brandão (em breve PSB), e seguirá a base política do vice-governador, que assumirá como governador do Maranhão a partir do próximo dia 31 de abril, quando Flávio Dino (PSB), deixará o cargo para disputar às eleições para o senado.

Leandro Bello falou que o partido inteiro estava fechado com Brandão, mas o novo presidente Marcus Holanda optou por apoiar a pré-candidatura de Weverton Rocha. Muitos membros históricos do PROS como Chico Carvalho, deputados estaduais também deixarão o partido por se sentirem traídos pelo novo presidente do PROS.

Weverton Rocha só deve ter o apoio da sigla mesmo. Enquanto Brandão levará todas lideranças do PROS para sua base política se fortalecendo cada vez mais.

Enquanto ao próximo partido, Leandro Bello disse que será definido após conversa com Carlos Brandão.

Palácio dos Leões já conta com apoio de Othelino Neto para disputa de 2022

Aliados do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) já contam como certo o apoio do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), para a disputa eleitoral ao governo do Maranhão.

Segundo o entorno de Brandão, a aliança foi selada na semana passada, após pelo menos dois encontros entre os políticos para tratar do pleito. O tipo de acordo firmado, porém, permanece desconhecido.

FONTE: atual7.com

Gleisi Hoffmann confirma apoio do PT a Carlos Brandão

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, confirmou na semana passada, em entrevista ao Giro das 11, da TV 247, que o partido do ex-presidente Lula apoiará o vice-governador Carlos Brandão na eleição para o Governo do Maranhão.

“Vamos apoiar o PSB no Maranhão”, confirmou, referindo-se ao partido ao qual Brandão se filiará ainda no mês de março/

Felipe Camarão segue sendo principal nome do PT para vice de Brandão


O secretário de Educação e pré-candidato a deputado Federal, Felipe Camarão é o principal nome do Partido dos Trabalhadores (PT) para vice na chapa encabeçada por Carlos Brandão.

Ainda que uma decisão oficial não tenha sido publicizada, internamente o PT do Maranhão já parece decidido em relação ao apoio à pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) ao Governo do Estado.

Brandão admite intenção de fechar com MDB do grupo Sarney

O vice-governador Carlos Brandão admitiu a sua intenção de obter apoio do MDB, partido presidido pela ex-governadora Roseana Sarney, pré-candidata a deputada federal, e que possui em seus quadros diversos políticos oriundos do sarneysismo.

A informação foi confirmada pelo ainda tucano quando questionado sobre a entrega de cargos na estrutura do Governo por políticos que não estão engajados no seu projeto.

“Nossos aliados cobram o espaço daqueles que estão contra o governo. Então, se você está contra o governo, vá para a oposição, e vamos abrir esses espaços para os aliados. Isso é natural. Tem muitos partidos que não têm nada no governo, e quer participar. E esses espaços são construídos com a saída desses atores, que querem disputar o seu projeto”, afirmou em entrevista a Rádio Mirante AM.

Brandão já conta com as adesões de emedebistas/sarneysistas de carteirinha, como os deputados Arnaldo Melo e Socorro Waquim, além do vice-presidente da sigla, deputado Roberto Costa, que articula nos bastidores para levar oficialmente o partido para o seu campo.

Dino reafirma apoio a Brandão, aceita ser candidato de Weverton e Simplício ao Senado, mas deve avançar em mudanças em secretarias

O governador Flávio Dino (PSB) reafirmou nessa segunda-feira (31) que seu candidato ao Palácio dos Leões na eleição de 2022 é o vice-governador Carlos Brandão (PSB).

Postulante ao Senado, Dino não rejeitou apoio do senador Weverton Rocha (PDT) e do secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo (SD), que preferiram deixar a base e seguir com pré-candidaturas próprias ao Executivo, mas deve avançar em mudanças em secretarias no Estado.

Visando a maior unidade possível em torno de Brandão, Dino pretende aguardar a entrega de cargos ainda nesta semana por aqueles que quiserem seguir em oposição ao decidido pelo grupo. Quem não entregar, porém, já recebeu o alerta antecipado que será substituído.

A escolha do novo secretariado está sendo acordada diretamente com Carlos Brandão. O objetivo é que quem seja nomeado agora permaneça no cargo após Flávio Dino renunciar ao mandato, no final de março.

PSB confirma pré-candidatura de Carlos Brandão ao Governo do Maranhão

O PSB confirmou  nessa segunda-feira (31) em São Luís a pré-candidatura do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), ao Governo do Estado.

O ainda tucano afirmou, durante entrevista coletiva no Palácio dos Leões, que vai mesmo deixar o PSDB para se filiar ao PSB e disputar o Governo do Maranhão. O nome do vice-governador Carlos Brandão foi anunciado pelo governador Flávio Dino do PSB, durante a reunião que aconteceu no Palácio dos Leões e contou com a presença de políticos aliados.

O governador Flávio Dino confirmou o apoio à pré-candidatura de Carlos Brandão ao Governo do Estado. Depois de receber o apoio do governador, Brandão participou de uma entrevista coletiva e esclareceu vários pontos de sua pré-candidatura.

Brandão deixa de ser escolha e vira projeto pessoal de Flávio Dino

Ao contrário do que vem sendo pregado pelo governador Flávio Dino (PSB) de que, até final deste mês estaria escolhendo quem seria o seu sucessor. O principal o líder do Estado, desde o início do debate sobre a sua sucessão, tem mostrado que não se trata de escolha, e sim um projeto pessoal seu para conduzir o novo governador do estado.

Flávio Dino deixou claro que não importa quem tenha mais vantagem, o que importa, e que o escolhido esteja sob o seu controle, assim como teve Carlos Brandão nos últimos 7 anos.

Na última semana, Flávio Dino, assim como Brandão, foram surpreendidos por uma declaração do ex-presidente Lula, no qual afirmou que não poderia apoiar o vice-governador pelo fato da sua ida para o partido do PSDB, inimigo histórico do PT.

A fala de Lula, surgiu como uma sinalização de um possível apoio a Weverton Rocha (PDT), principal adversário de Brandão, mas, mais uma vez, Flávio Dino foi de encontro a Lula, e juntamente com algumas lideranças do PT, tratou de selar o apoio do ex-presidente a Carlos Brandão, que estaria com sua ida carimbada para o PSB.

FONTE: folhadomaranhao