Presidente do PSB, Carlos Siqueira, abre as portas para Brandão disputar o Governo pelo partido

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, abriu as portas do partido para o vice-governador Carlos Brandão (PSDB). Em entrevista ao jornal Correio Braziliense, o dirigente nacional revelou que a sigla socialista pode ter candidato no Maranhão. Em outras palavras, ele está antecipando uma possível filiação do pré-candidato ao Governo que tem apoio de Flávio Dino (PSB).

Carlos Brandão pode trocar o PSDB pelo PSB por conta da conjuntura nacional, uma vez que Flávio Dino constrói uma aliança com Lula e  PT no estado, enquanto que os tucanos possuem a pré-candidatura de João Dória a presidente, o que pode dificultar essa aproximação.

Portanto seria mais fácil ter Brandão no PSB do que no PSDB para ter o apoio do PT. A seguir veja a fala do presidente Carlos Siqueira.

“Quais são as prioridades do partido? O senhor falou em cinco estados.

São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Acre… E tem outros candidatos que poderão surgir, mas, até agora, nós colocamos na mesa esses cinco estados. Pode surgir, por exemplo, o Maranhão, onde o PSB, provavelmente, terá candidato também; pode surgir Alagoas.”

Governo monitora chuvas e traça estratégias para minimizar danos no Maranhão

O vice-governador Carlos Brandão se reuniu, nesta quarta-feira (12), com secretários e técnicos do Governo do Maranhão para traçar um plano de prevenção contra chuvas no estado. De acordo com os relatórios meteorológicos deste ano, o maior índice de chuvas deve acontecer entre o fim de janeiro e início de fevereiro.

Os dados são do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) e do Núcleo Geoambiental da Universidade Estadual do Maranhão (NuGeo/Uema). As estimativas dos relatórios apontam para um crescimento do volume de chuvas entre 20% e 80% acima das médias históricas.

Os dados deverão subsidiar ações de prevenção do Governo do Maranhão a possíveis danos causados pelas chuvas, tanto em áreas rurais quanto urbanas.
O meteorologista da Uema, Hallan Cerqueira, destacou a importância da pesquisa científica para o planejamento do poder público.

O Governo deverá formar um grupo de trabalho para tratar especificamente do planejamento de ações de prevenção e combate aos danos causados pelas chuvas.
Também participaram da reunião os secretários de Estado do Meio Ambiente, Diego Rolim; da Agricultura, Luís Henrique Lula; e de Programas Estratégicos, Luís Fernando Silva; a adjunta da Casa Civil, Bruna Mendonça Silva; o coordenador estadual da Defesa Civil, tenente-coronel Sandro Amorim; o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), André Santos; o diretor de Estudos e Pesquisas do Imesc, Luiz Jorge Dias; o reitor da Uema, Gustavo Pereira da Costa; o coordenador do NuGeo, Jucivan Lopes; e o meteorologista Carlos Márlio de Aquino, da Uema.

GOVERNADOR FLÁVIO DINO SE DIZ OTIMISTA QUANTO A POSSIBILIDADE DE UNIÃO DO GRUPO

O governador Flávio Dino (PSB), em entrevista à TV Mirante na manhã de terça-feira (21), externou seu otimismo quanto a possibilidade do grupo que lidera manter a unidade para enfrentar as eleições de 2022 e reafirmou seu apoio à pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Ao ser questionado se existe a possibilidade de mudança do  candidato previamente indicado, Dino disse que indicou Brandão para o colegiado de partidos que integram a base de sustentação do governo porque, na sua opinião,  o vice “tem as condições de agregar politicamente e eleitoralmente e nos representar nessa batalha eleitoral vindoura”.

Quanto a possibilidade do consenso em torno do nome por ele indicado, o governador observou que trata-se de um processo em curso que está sintonizado com o calendário eleitoral em que as vezes tem muita agonia, muita ansiedade, mas que está muito confiante, “muito otimista de que a gente vai conseguir, senão 100% de união, mas a imensa maioria do grupo se mantendo unida no mesmo caminho na eleição para o governo do Estado”.

Carlos Brandão, experiente vice-governador do Maranhão, está preparado para liderar o Estado

Vice-governador do Maranhão, filiado ao PSDB e tendo cumprido dois mandatos de deputado federal, Carlos Orleans Brandão Júnior recebeu o UCHO.INFO em seu gabinete, no Edifício João Goulart, localizado a poucos metros do Palácio dos Leões, sede do Executivo maranhense, para entrevista sobre o atual cenário político no Estado e os desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus.

Nascido em Colinas, cidade na região Leste do Estado e distante 455 quilômetros da capital São Luís, Carlos Brandao assumirá o governo estadual em abril de 2022, quando o governador Flávio Dino (PSB) terá de se desincompatibilizar do cargo para concorrer a uma vaga no Senado Federal nas eleições do próximo ano.

Brandão tem vários desafios pela frente e demonstrou competência política – fruto da experiência acumulada nos cargos que ocupou –, conhecimento e disposição para não apenas avançar com os atuais programas do governo, mas principalmente em relação a novas medidas para melhorar a vida do povo maranhense.

O vice-governador falou sobre o desafio de comandar o Estado na esteira dos muitos efeitos colaterais proporcionados pela pandemia, que parece resistir à ciência com suas mutações. Um dos pontos destacados por Carlos Brandão foi o esforço do governo no combate à fome e à pobreza ao longo da mais grave crise sanitária dos últimos cem anos.

FONTE: ucho.info

Maioria da Assembleia Legislativa declara apoio à pré-candidatura de Brandão ao governo do estado

Seguindo a indicação do governador Flávio Dino, 22 deputados estaduais assinaram um manifesto declarando apoio a pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão ao governo do estado. O Manifesto foi entregue durante um encontro para tratar de projetos de interesse do executivo que estão em tramitação na Assembleia Legislativa. Com maioria já declarada na Assembleia Legislativa, Brandão vai construindo a governabilidade de seu mandato que se inicia em abril, e fortalecendo sua pré-candidatura ao Palácio dos Leões.

Deputados que declararam apoio a Carlos Brandão:

1 – Ana do Gás
2 – Adelmo Soares
3 – Andreia Resende
4 – Antônio Pereira
5 – Ariston
6 – Arnaldo Melo
7 – Carlinhos Florêncio
8 – Daniela Tema
9 – Duarte Jr.
10 – Helena Duailibe
11 – Leonardo Sá
12 – Thaiza Hortegal
13 – Edson Araújo
14 – Fábio Braga
15 – Fábio Macedo
16 – Paulo Neto
17 – Marco Aurélio
18 – Rafael Leitoa
19 – Rildo Amaral
20 – Socorro Waquim
21 – Dr. Yglesio
22 – Zito Rolim

PSB confirma a filiados entrada de Carlos Brandão

A direção estadual do PSB confirmou nesta segunda-feira, 13, em reunião com lideranças políticas do partido, que o vice-governador Carlos Brandão vai mesmo para a legenda.

– Está 99% certo que Brandão vai pro PSB – afirmou hoje o secretário de Comunicação do governo, Ricardo Capelli, na reunião com os políticos da legenda.

Para tentar manter o controle do PSDB, mesmo após saída de Brandão, Flávio Dino articula a entrada do deputado estadual Fábio Macedo (PSL), que é forte candidato a deputado federal.

Flávio Dino declara apoio à Carlos Brandão em pré-candidatura ao Governo

Foto: Arquivo/Reprodução.

Em reunião realizada durante a noite desta segunda-feira (29), O governador Flávio Dino (PSB) anunciou que irá apoiar a candidatura do atual vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), ao governo do estado.

O governador descreveu a escolha do tucano como “natural”. O anúncio para encerrar a questão foi feito na presença de lideranças partidárias da base de Dino, no Palácio dos Leões. O socialista deverá lançar candidatura para concorrer ao Senado Federal.

FONTE: oimparcial

Vice-governador visita Arraial da Vacinação e vistoria obras do IEMA

(Foto: Júnior Foicinha)

O Governo do Estado continua ampliando a vacina em todos os municípios. Na terça-feira (29), o vice-governador Carlos Brandão esteve no município de Colinas, a 385 km de São Luís, onde acompanhou o Arraial da Vacinação, no Centro de Ensino Maria José Macedo Costa. A iniciativa, realizada em parceria com a Prefeitura, teve como público-alvo pessoas a partir de 30 anos.

A primeira cidade brasileira a vacinar toda a população adulta é a maranhense Alcântara. Além disso, o estado registra o menor índice de mortalidade ocasionado pela Covid-19, com 1.209 mortes por milhão, enquanto a média nacional é de 2.347.

A agenda em Colinas, conduzida pelo vice-governador Carlos Brandão, seguiu com vistorias na unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), que já alcançou 75% de obras concluídas e terá capacidade para atender cerca de 400 estudantes do ensino médio e técnico. Segundo o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a escolha dos cursos será conforme a vocação da cidade.

FONTE: ma.gov.br