PSB quer filiar vice de Dino no Maranhão nas próximas semanas

Em busca do apoio do PT para manter o governo do Maranhão, o PSB deve concretizar nas próximas semanas a filiação de Carlos Brandão, atualmente vice-governador do estado.

Brandão, atualmente filiado ao PSDB, deverá migrar de sigla para concorrer como sucessor de Flávio Dino no Maranhão. Segundo caciques peesebistas à coluna, faltam “detalhes” para que a troca de sigla seja concretizada. Brandão quer deixar o PSDB pela “porta da frente” e já conversa com caciques tucanos sua ida para o PSB.

Nas recentes conversas entre as siglas, dirigentes petistas afirmaram que não apoiariam um nome do PSDB ao governo do Maranhão. O problema é que Flávio Dino já estava comprometido em apoiar Brandão como seu sucessor no Palácio dos Leões.

GOVERNADOR FLÁVIO DINO SE DIZ OTIMISTA QUANTO A POSSIBILIDADE DE UNIÃO DO GRUPO

O governador Flávio Dino (PSB), em entrevista à TV Mirante na manhã de terça-feira (21), externou seu otimismo quanto a possibilidade do grupo que lidera manter a unidade para enfrentar as eleições de 2022 e reafirmou seu apoio à pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Ao ser questionado se existe a possibilidade de mudança do  candidato previamente indicado, Dino disse que indicou Brandão para o colegiado de partidos que integram a base de sustentação do governo porque, na sua opinião,  o vice “tem as condições de agregar politicamente e eleitoralmente e nos representar nessa batalha eleitoral vindoura”.

Quanto a possibilidade do consenso em torno do nome por ele indicado, o governador observou que trata-se de um processo em curso que está sintonizado com o calendário eleitoral em que as vezes tem muita agonia, muita ansiedade, mas que está muito confiante, “muito otimista de que a gente vai conseguir, senão 100% de união, mas a imensa maioria do grupo se mantendo unida no mesmo caminho na eleição para o governo do Estado”.

Governador Flávio Dino anuncia que vai desobrigar o uso de máscaras em locais públicos

Nesta quarta-feira (10), o governador Flávio Dino (PSB), anunciou na cidade de Bacurituba, que vai assinar decreto onde libera a circulação de pessoas sem máscara em áreas públicas em todo o estado do Maranhão.

Segundo o governador, o Maranhão tem a menor taxa de morte por COVID-19, assim como uma baixa taxa de contágio.

O Maranhão vai seguir o que já estar sendo feito em outros estados como Rio de Janeiro e São Paulo, que já estão realizando a liberação do máscaras em locais públicos.

FONTE: oimparcial

Flávio Dino é eleito para a Academia Maranhense de Letras

Imortais da Academia Maranhense de Letras foram ao Palácio dos Leões comunicar a eleição de Flávio Dino para a Casa (Foto: Brunno Carvalho)

O governador Flávio Dino foi eleito, no final da tarde desta quinta-feira (21), para a Academia Maranhense de Letras (AML) e vai ocupar a cadeira de nº 32, em substituição ao intelectual Sálvio Dino, seu pai, que faleceu em agosto de 2020, vítima da Covid-19. Dino disputou a vaga com outros quatro candidatos – Antônio Guimarães de Oliveira, José Rossini Corrêa, José Carlos Sanches e Azenate de Oliveira –, e foi eleito com 25 votos dos 35 válidos.  

Flávio Dino recebeu a visita do presidente e de outros intelectuais da AML, e agradeceu a indicação do seu nome para o quadro da AML, especialmente por ocupar agora a cadeira que anteriormente era do seu pai. O governador afirmou, ainda, que vai colaborar para a manutenção do legado da AML, que completou no dia 10 de agosto de 2021, 113 anos de fundação.  

Como autor, Flávio Dino publicou os livros “Medidas provisórias no Brasil; origem, evolução e Novo Regime Constitucional”; “O poder, o controle social e o orçamento público”; “Reforma do Judiciário: Comentários à Emenda nº 45”; e “Autogoverno e Controle do Judiciário no Brasil: a proposta de criação do Conselho Nacional de Justiça”; além de participar como coautor de várias outras publicações e periódicos acadêmicos.

Aumenta o número de casos registrados do novo coronavírus no MA

Subiu para 14 o número de casos registrados do novo coronavírus (COVID-19) no estado do Maranhão. A informação foi confirmada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, por meio de uma rede social.

Foto: Divulgação/Redes Sociais