Maranhão chega a 374.563 casos e 10.422 mortes por Covid-19

Foto: Getty Images

O Maranhão chegou a 374.563 casos de Covid-19 e 10.422 óbitos pela doença, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira (17).

Segundo a SES, 171 novos casos e mais quatro mortes foram registrados nas últimas 24 horas no Estado. Dos novos casos registrados, 53 foram na Grande Ilha de São Luís, 8 em Imperatriz e 110 nas demais regiões do Maranhão.

Maranhão registra 449 casos e duas mortes por Covid-19 em 24h

Nesta terça-feira (11), o Maranhão chegou a 372.567 casos e 10.401 óbitos por Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Foram registrados 449 casos e duas mortes nas últimas 24 horas. Dos novos casos registrados, 221 foram na Grande Ilha de São Luís, 32 em Imperatriz e 196 nas demais regiões do estado.

As mortes foram registradas em Buriticupu e Pedreiras. Ambas não ocorreram nas últimas 24 horas, mas foram registradas em dia e/ou semana anterior, e aguardavam resultado do exame laboratorial para Covid-19.

O número de casos ativos (pessoas que, no momento, estão com Covid-19) teve uma nova alta e chegou a 3.025. Desse número, 2.841 estão orientados a ficar em isolamento domiciliar, 104 estão internadas em enfermarias e 80 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

FONTE: G1-MA

No Maranhão Casos suspeitos do novo coronavírus sobem para 10

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou nesta sexta (13) que monitora 10 casos suspeitos do novo coronavírus no Maranhão. No entanto, é importante ressaltar que os casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos quando divulgados pelo Ministério da Saúde. Até o momento, não há casos confirmados do Covid-19 no Maranhão.

A SES afirmou que a rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) está preparada e com protocolos de atendimentos definidos para o enfrentamento do COVID-19. O Plano Estadual de Contingência do Novo Coronavírus foi elaborado para responder às necessidades locais para o enfrentamento da doença, caso haja introdução do vírus no estado.

FONTE: G1-MA